Voo depende de organização de empresa

O vereador Eliezer Casali foi questionado pelos ouvintes da Rádio Cidade. Em uma das perguntas, o morador queria saber como está a liberação de voos comerciais para Votuporanga. Segundo Eliezer, o processo no Daesp (Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo) e a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) está finalizado, dependendo apenas da organização da empresa. “A parte administrativa tem que ter base aqui, mas eu creio que estamos próximos do lançamento”, frisou.

 

O vereador considerou que foi uma grande conquista para Votuporanga. “Vai inserir o município em uma rota comercial para São Paulo. São José do Rio Preto é centro de viagens, hoje existe movimentação de duas mil pessoas que pousam e decolam por dia. Há dados do governo que 30% deste pessoal que voa em Rio Preto passa por Votuporanga. A demanda é muito grande. Votuporanga é líder regional”, complementou.

 

Novo estádio
Uma outra pergunta foi referente ao novo estádio. “É localizado na Zona Norte, perto da Cidade Universitária. Houve atraso nas obras no início, mas já está construindo vestiário e primeiro módulo das arquibancadas”, disse.

 

Lixo
Outros moradores questionaram sobre os serviços de lixo. “Existe uma deficiência grande da empresa que está operando (Converd). Estamos batendo nessa questão, tanto que o contrato vence no dia 31 de janeiro e a Prefeitura poderia prorrogá-lo. Estamos trabalhando para que não aconteça. Foi feito edital para nova empresa, mas foi embargado na Justiça por empresa concorrente. O Departamento Jurídico está tentando agilizar para que possa acontecer a concorrência”, frisou.

 

Andressa Aoki – A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password