O deputado estadual Carlão Pignatari (PSDB) e o secretário da Educação do Estado do Estado de São Paulo, Herman Jacobus Cornelis Voorwald, participaram, nesta terça-feira (dia 23), da abertura do 2º Congresso Internacional de Educação do Noroeste Paulista, no Votuporanga Clube, que teve início às 14 horas. O evento que vai até sexta-feira (dia 26) tem como objetivo oferecer oportunidades de formação continuada e atualização em tecnologias educacionais aos participantes, por meio da troca de experiências e da ampliação da prática docente como protagonista de sua ação transformadora na sociedade.
Também participaram diversas autoridades, entre as quais o prefeito de Votuporanga, Júnior Marão; o presidente da Câmara Municipal, Eliezer Casali; o Prof. Francisco Aparecido Cordão, representante da Câmara da Educação Básica do Conselho Nacional de Educação; prefeitos e vereadores da região, representantes de várias esferas da Educação e aproximadamente 1500 profissionais do setor.
O Congresso tem como tema “Alfabetizar e educar para avançar: O desafio da aquisição do conhecimento no momento certo”, e é destinado a profissionais do quadro municipal do magistério dos 44 municípios do Arranjo de Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo (ADE Noroeste Paulista), alunos de licenciatura, professores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), professores das Instituições de Ensino Superior (IES) da região.
Em seu discurso, Carlão destacou que “quando há discussão sobre um assunto é porque queremos que haja melhora. E a educação vem melhorando a cada dia, não apenas na questão de funcionários e salários, mas também na sua forma e conteúdo”, disse o deputado. Ele lembrou que a ADE começou com 17 municípios e hoje já conta com 44, “fato que comprova a preocupação da região Noroeste Paulista em valorizar os profissionais, com essa troca de experiência, e também a Educação como um todo”.
O secretário de Educação, Herman Voorwald, proferiu uma palestra enfocando “Os direitos de aprendizagem”. Destacou cinco pilares das metas de sua Pasta. O primeiro está relacionado à valorização do professor, com melhores salários e plano de carreira. O segundo, de acordo com o secretário, é a gestão pedagógica, com instrumentos para gerenciar a relação ensino/aprendizagem. O terceiro pilar é o modelo de ensino integral para promover o protagonismo juvenil. “Precisamos transformar o adolescente com valor e fazer com que o professor seja o ator na sala de aula”, disse.
Para Herman Voorwald, o quarto pilar relaciona-se à merenda, ao transporte e ao material didático. “É importante que a criança chegue à escola e que a merenda esteja lá; que o material didático esteja à disposição”, frisou. E o último diz respeito à participação de políticas públicas e da sociedade na transformação da educação. “Nosso objetivo é promover a inclusão. Todas as crianças e jovens têm o direito de ir à escola. A educação tem que inovar, portanto, temos que derrubar as barreiras que impeçam o avanço”, finalizou.
Para o deputado Carlão, “o Congresso é um momento importante para que os professores de toda a região possam ter acesso aos novos processos de ensino, com o compartilhamento de responsabilidades e unificação no que se refere ao desenvolvimento da educação”.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password