Um dos crimes mais bárbaros registrados em 2012, vai a júri popular no mês que vem. Nesta semana, o juiz Jorge Canil agendou a data do julgamento de Isaías Igor Cândido dos Santos, acusado de ter matado a companheira Bianca Patrícia dos Santos, de 20 anos, com vários golpes de faca, enquanto ela escovava os dentes.

 

O crime aconteceu dentro da casa onde moravam, na avenida Francisco Vilar Horta.

 

 

O julgamento foi marcado para acontecer às 9h do dia 28 de junho, no tribunal do Fórum da Comarca de Votuporanga. Já o sorteio dos 25 jurados será no dia 23 de maio (próxima quinta-feira), às 13h15, na sala de audiências da Primeira Vara.

 

 

O crime aconteceu em 10 de setembro de 2012 e chocou os moradores da Vila Budin e bairro Do Café. A vítima foi encontrada no meio da tarde por vizinhos, já sem vida, dentro da residência e deitada na cama do casal. Isaías foi visto saindo de casa pela manhã, com uma trouxa de roupas, após uma intensa discussão.

 

Segundo informações apuradas pela reportagem do A Cidade, o crime pode ter ocorrido por volta das 9h, quando vizinhos ouviram o casal brigando.

 

Porém, o corpo de Bianca, ou “Bia”, como era conhecida, foi encontrado por um vizinho, por volta das 14h30.

 

Denúncia

De acordo com a denúncia do MP, Bianca teve sua defesa dificultada, pois foi atingida por vários golpes de faca pelo acusado, enquanto escovava os dentes.

 

Após o crime, foi decretada a prisão de Isaías, que acabou detido no dia seguinte ao crime.

 

Isaías

Aos policiais da DDM (Delegacia de Defesa da Mulher), Isaías Igor Cândido dos Santos confessou o assassinato e disse que ele e a vítima vinham passando por muitas brigas, envolvendo problemas financeiros.

 

Isaías se apresentou acompanhado pelo seu advogado na época, Silvânio Hortêncio Pirani e pelo pai. Segundo advogado, ele tomou a decisão de se entregar à Justiça, após tomar conhecimento que um juiz havia assinado o mandado de prisão preventiva dele. Desta forma, preferiu se apresentar do que viver como fugitivo.

 

 

Na DDM, ele prestou depoimento e contou detalhes sobre o seu relacionamento com Bianca, que acabou com um desfecho sangrento.

 

Segundo a versão do suspeito, ele e a jovem vinham passando por uma crise financeira, e ela estaria cobrando que ele ajudasse mais nas contas.

 

O casal estava junto havia nove meses. Ainda segundo a versão dele, foi Bianca que apanhou uma faca, que foi tomada da mão dela e o assassinato se consumou. Foram pelo menos 15 facadas na vítima.

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password