1.º Seminário LGBT reúne 300 pessoas na Câmara Municipal

Aproximadamente 300 pessoas participaram na manhã desta quinta-feira, dia 20 de agosto de 2015, na Câmara Municipal, do 1.º Seminário LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais). O evento foi realizado pela Prefeitura de Votuporanga, por meio da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos Humanos.

O tema trabalhado no evento foi “Por um Brasil que criminalize a violência contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais”.

O evento contou com a participação de várias autoridades locais. O seminário teve início com o breve testemunho de vida de Iara Ramos de Macedo, que hoje é uma das organizadoras da 2.ª Parada do Orgulho Gay em Votuporanga.

Em seguida, o presidente do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos Humanos, Vitor Cesar Prado de Oliveira, falou aos presentes, desejando uma manhã produtiva de trabalho.

O ex-deputado federal, João Dado, enfatizou que com o avanço social global, é inadimissível que exista preconceito.

O capitão da Polícia Militar, Edson Fávero, ressaltou que a instituição está à disposição de toda comunidade para esclarecimentos de dúvidas. Elogiou a iniciativa da Secretaria Municipal de Direitos Humanos realizar um evento para debater o respectivo assunto.

Em sua fala, o secretário municipal de Direitos Humanos, Emerson Pereira, cumprimentou todos os demais secretários, vereadores, autoridades, estudantes e público em geral. Disse que sua pasta trabalha para fazer valer os direitos humanos de toda população. Como secretário, destacou que defenderá a causa LGBT, alegando que ainda existem pessoas e setores preconceituosos.

O vereador Osvaldo Carvalho propôs que todo debate realizado durante o Seminário fosse encaminhado para a Câmara.

Para encerrar a fala de autoridades, o prefeito Junior Marão mais uma vez parabenizou em público todo o trabalho do secretário Emerson Pereira.

“A Secretaria Municipal de Direitos Humanos foi criada pensando na aproximação da população com o Poder Público, ligando diretamente às questões de pessoas que tem dificuldade ou o não acesso à área social. Escolher Emerson Pereira, o vereador mais votado em 2012, foi uma escolha certa, porque ele tem história de vida, está com seu povo”, falou.

O ciclo de palestras foi aberto pelos integrantes do GADA (Grupo de Amparo ao Doente de Aids), de São José do Rio Preto, Nélio Nakada e Ricardo dos Santos. Em seguida o juiz Evandro Pelarin falou aos presentes.

Para encerrar o evento, foi passada a fala a Miguel Parra Gomes Neto, que compõe a comissão da 2.ª Parada do Orgulho Gay de Votuporanga.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password