Publicado: qui, fev 22nd, 2018

Catedral de Votuporanga recebe seminarista

O seminarista Ancelmo José Lio auxiliará nos trabalhos das pastorais e movimentos paroquiais

 

Neste último fim de semana, a Paróquia Nossa Senhora Aparecida de Votuporanga (Catedral) acolheu o Seminarista Ancelmo José Lio, que fará estágio pastoral na paróquia aos finais de semana deste ano. Ancelmo, cuja família reside em Votuporanga, cursa o 2º ano de Filosofia no Seminário Maior em São José do Rio Preto e nos dois últimos anos fez estágio pastoral na Paróquia Divino Espírito Santo, de Planalto, com o Padre Denival Marques. Na Catedral, Ancelmo auxiliará nos trabalhos das pastorais e movimentos paroquiais.

Ancelmo nasceu no dia 19 de março de 1991 em Nhandeara, filho de Agnaldo Gomes Lio e Marli Aparecida de Carvalho Lio e tem como irmãos Alexandre Alex lio e Adriana Silva Lio. Em Votuporanga, estudou nas escolas estaduais Sebastião Almeida Oliveira e Dr. José Manoel Lobo.

Desde pequeno, participava da Catequese na Paróquia São Cristóvão de Votuporanga e posteriormente da Infância Missionária, que promovia atividades solidárias na antiga favela dos bairros São Cosme e Damião e no Lar São Vicente de Paulo. Aos 16 anos, devido a mudança de bairro, começou a participar na Paróquia São Benedito e Nossa Senhora de Fátima onde fez parte da equipe de teatro, foi catequista e atuante no grupo de jovens, além de ser responsável pela turma de teatro da Escola de Artes da RCC – Renovação Carismática Católica.

Devido ao apreço pela escrita e  a comunicação, Ancelmo cursou Jornalismo na Unifev e MBA Executivo em Comunicação e Marketing foi na Unirp – Centro Universitário de Rio Preto.

Além disso, trabalhou nas empresas American Comfort, Prefeitura de Votuporanga, Jornal Diário de Votuporanga, TV Unifev e Santa Casa de Votuporanga.

Após um período de discernimento vocacional, Ancelmo acolheu o chamado de Deus para o ministério sacerdotal e entrou para o Seminário em 2016. Para ele, “o chamado à vocação sacerdotal é um grande mistério de Deus e pode ocorrer de diversas maneiras e fases da vida, não tendo um padrão e muito menos uma regra a se seguir. Além disso, a força que brota junto a esse convite do Senhor é capaz de gerar uma mudança e desprendimento daquilo que até então eram os objetivos e planos do vocacionado. No entanto, mesmo durante o caminho de preparação é primordial reviver esse chamado, pois ele não pode passar junto ao momento que aconteceu, é preciso se manter vivo no nosso interior, como um alarme para nos recordar porque estamos ali e mantendo os motivos suficientes para a perseverança num ‘sim’ que não pode parar de ser dado.”

Desde 2014 que a Paróquia Nossa Senhora Aparecida não acolhia um seminarista para estágio pastoral, quando o seminarista Murilo, de Cosmorama, que deve ser ordenado diácono neste ano, estagiou na paróquia. No ano anterior, o então seminarista Roberto Bocalete, hoje chanceler da Cúria e pároco em Américo de Campos, fez estágio pastoral na paróquia.

 

Legenda: Ancelmo José Lio participou da celebração do último domingo (18), na Catedral

Foto: Pastoral da Comunicação – Pascom