Publicado: qui, dez 7th, 2017

Secretarias da Cidade e da Cultura e Turismo apresentam balanço de atividades

Em audiência pública, realizada nesta quarta-feira (6/12), pastas apresentaram ações desenvolvidas ao longo de 2017

Nesta quarta-feira (6/12), o auditório da Secretaria da Cidade sediou mais uma série de audiências públicas, voltadas para a prestações de contas das ações desenvolvidas pela Prefeitura de Votuporanga ao longo do ano de 2017. Após a apresentação da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, realizada pela manhã, o período da tarde contou com os balanços das Secretarias da Cidade e da Cultura e Turismo.

Dando início ao cronograma vespertino de audiências, a secretária municipal da Cultura e Turismo, Silvia Stipp, expôs algumas das principais ações da pasta durante este ano. Um dos destaques foi a realização de eventos culturais de grande porte, como a 7ª edição do Festival Literário de Votuporanga – Fliv, que atraiu um púbico de cerca de 70 mil pessoas, ao longo de nove dias de programação, com mais de 170 atividades gratuitas.

Já na área do Turismo, foram apontadas importantes conquistas, como a obtenção do título de Município de Interesse Turístico (MIT) para Votuporanga, que reverterá em um repasse anual de R$650 mil para a Prefeitura, por parte do Governo do Estado, voltado para investimentos no fomento à atividade turística como geradora de empregos e renda e propulsora da economia local.

Em sua fala, a secretária também ressaltou a grande quantidade de atividades culturais realizadas ao longo de 2017, em espaços como o Centro de Cultura e Turismo “Marão Abdo Alfagali”, o Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo” e a Concha Acústica “Prof. Geraldo Alves Machado”. “Graças a uma série de parcerias firmadas entre a municipalidade e importantes instituições culturais, foi possível organizar um calendário variado e rico em atrações gratuitas, voltadas para todos os públicos e faixas etárias”, afirmou Silvia.

Entre os eventos e projetos citados, estiveram: Virada Cultural Paulista, Pontos MIS, Viagem Literária, Projeto Guri, Circuito Sesc de Artes e Circuito Cultural Paulista, frutos de parcerias com instituições estaduais e organizações sociais de cultura, como a Secretaria de Estado da Cultura; APAA; SP Leituras; POIESIS; Sesc; SisEB, MIS-SP e Associação Amigos do Projeto Guri.

Já no âmbito local, foram destaques realizações da Prefeitura, que vão desde eventos, como a Semana da Música e o Concha Folia, até projetos formativos e de musicalização, como o Projeto Sinfônico da Escola Municipal de Artes “João Cornachione ‘Oscarito’”, o Projeto Axé Criança e o Núcleo de Iniciação às Artes Cênicas (NIAC).

 

Secretaria da Cidade

A Secretaria Municipal da Cidade finalizou a apresentação dos trabalhos nesta terça-feira. Neste ano, as associações de bairros estão sendo reestruturadas e regulamentadas e cada uma delas tem suas diferentes características e necessidades.

Com o intuito de incentivar e envolver ainda mais a participação do cidadão nas decisões dos bairros e da Administração Pública, as equipes da Secretaria da Cidade estão em busca de novos líderes, representantes e novas associações. Hoje, o município conta com 20 associações e algumas delas já estão regulamentadas.

A associação de moradores é uma entidade voltada e direcionada a pleitear, perante os órgãos públicos, melhorias para a comunidade, como ações sociais, educativas e de promoção à saúde.


Próximas audiências

As audiências continuam nesta quinta-feira (7/12), no auditório da Secretaria da Cidade. A primeira apresentação será da Secretaria da Fazenda, às 14h. Em seguida, o Instituto de Previdência do Município de Votuporanga (Votuprev), às 15h; e a Secretaria de Direitos Humanos, às 16h, demonstram o balanço de ações deste primeiro ano de governo da administração do prefeito João Dado. Todas as audiências são abertas ao público.

A realização de audiências públicas atende determinação da Lei Orgânica do Município. No total, são 16 Secretarias que apresentam balanço do primeiro ano de governo, conforme cronograma definido pela Casa de Leis.