Publicado: qua, dez 6th, 2017

Em audiência, secretário mostra números da economia

Flávio Piacenti Junior apresentou índices altamente positivos auferidos pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico, principalmente pela implantação do Centro do Empreendedor

Na manhã desta quarta-feira (06), em audiência pública, o secretário do Desenvolvimento Econômico, Flávio Piacenti Junior, apresentou o balancete das ações desenvolvidas pela pasta no decorrer deste ano, com ênfase na implantação do Centro do Empreendedor, Programa de Educação Profissional e nos resultados positivos da geração de empregos. O secretário esteve acompanhado pelo diretor do CTMO, José Carlos Leme, e pelo diretor da Divisão de Ciência e Tecnologia, Orlando Ribeiro.

Além disso, Piacenti apresentou um demonstrativo dos vários órgãos ligados à pasta do Desenvolvimento Econômico, com números altamente positivos. A Sala do Empreendedor, por exemplo, registrou 180 atendimentos, com cidadãos buscando apoio e informação para abertura e formalização de seus negócios. No PAT – Posto de Atendimento ao Trabalhador, de 10 de maio, data em que foi instalado junto ao Centro do Empreendedor, foram 5.483 atendimentos, emissão de 150 carteiras de trabalho (CTPS) e inserção direta no mercado de 30 novos trabalhadores, bem como a captação de 83 vagas. No posto do INCRA, 1.300 produtores rurais buscaram pessoalmente os serviços oferecidos, registrando-se ainda cerca de 700 consultas telefônicas.

 

Ao presidente da Câmara, Osmair Ferrari, detalhou a economia gerada para o erário com a implantação de vários órgãos da Secretara num só espaço, não só na locação de imóveis como também no aproveitamento racional de mobiliário e equipamentos. Com relação ao Programa de Educação Profissional, falou da parceria do CTMO com o Senac, que resultou na ampliação do número de vagas e de cursos, oportunizando ainda melhor remuneração ao corpo docente e estruturadas aulas, em salas amplas, modernas e climatizadas.

 

Com relação à política de geração de empregos, Piacenti lembrou do número recorde vagas abertas no mês de outubro, explicando que isso se deu na economia do município com um todo e não só no setor de Serviços, mas também, na mesma proporção, no comércio e indústria.