Publicado: ter, nov 14th, 2017

Acostamentos da Estrada do 27 terão novos investimentos

Após concluir projeto de recuperação da vicinal, prefeito afirma que investimentos na via vão continuar com melhorias nos acostamentos

Depois de muito tempo aguardando obras de recuperação, a Vicinal Adriano Pedro Assi – estrada do 27 foi recuperada com investimentos da Prefeitura, Governo do Estado e Cofco International. A via estava intransitável e praticamente já tinha perdido a massa asfáltica.

Com esforços do município e Estado, a vicinal recebeu investimentos de quase R$ 5 milhões e teve 19,5 quilômetros totalmente recuperados, com pavimentação, sinalização de solo e uma grande rotatória.

Dentro de projeto de recuperação, foram feitas também melhorias nas laterais da pista, num trecho específico de acostamento. Na manhã desta terça-feira (14/11), o prefeito João Dado anunciou que esses investimentos irão continuar com novos trechos de acostamento sendo recuperados. A intenção é atingir o total de 10 km, sendo aproximadamente 5 km de cada lado da pista.

“O tráfego de bicicletas concomitantemente com veículos em maior velocidade é um risco muito grande e que os ciclistas não deveriam se submeter. A estrada tem um intenso movimento e a preocupação é mantermos a segurança de todos. O tráfego de ciclistas é autorizado pelo Código de Trânsito Brasileiro para que seja feito pelo acostamento da via e não sobre a pista. Ali na Vicinal temos o trânsito de diversos veículos que podem oferecer riscos aos ciclistas se estes estiverem sobre a via. Sabemos dessa reivindicação dos ciclistas e na medida dos nossos recursos temos investido em melhorias no acostamento”, destaca o prefeito João Dado.

Outra medida será a instalação de placas que explicarão a proibição do tráfego sobre a pista por bicicletas e máquinas agrícolas e outras placas trarão esclarecimentos a cerca da autorização do trânsito de bicicletas pelo acostamento.  “A recuperação da vicinal foi feita bem antes do prazo previsto. Agora, vamos continuar nossos esforços de manutenção da via e de atendimento a novos pedidos de pessoas que utilizam a estrada”, disse.