Publicado: ter, set 12th, 2017

Criança cai em piscina e morre afogada

Sofia Lopes de Arantes, de um ano e sete meses, morreu neste domingo, dia 10, em chácara no bairro Recreio da Felicidade, em Rio Preto

Um bebê de um ano e sete meses morreu afogado em uma piscina, na tarde deste domingo, dia 10, em uma chácara no bairro Recreio da Felicidade, em Rio Preto. O caso alerta para o aumento de acidentes do tipo com a chegada da primavera e do verão. O capitão do Corpo de Bombeiros Edmilson Santana diz que a atenção deve ser redobrada na vigilância das crianças em casas com piscina.

“A primeira providência é cercar a piscina e trancar a entrada com cadeado. Além disso, é fundamental colocar uma lona em cima, com obrigação de vistoriar as amarras toda semana”, diz o capitão. Outra recomendação de Santana é sempre manter um adulto ao lado da criança durante todo o tempo em que ela está perto da piscina, ou nas proximidades de rios, lagoas e praia.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a pequena Sofia Lopes de Arantes estava acompanhada dos pais em um almoço de família, que acontecia na casa do avós paternos, com a presença de mais dez pessoas, entre tios e primos. Tia da criança, Elaine Cristina Arantes, a única pessoa a prestar depoimento à polícia, afirma que durante o almoço deu um prato de comida nas mãos de Sofia, que estava brincando no gramado, próximo da área da piscina.

A mesma tia afirma que os familiares, inclusive os pais da menina, estavam numa distância onde era possível observar todos os movimentos da menina. A tia alega que quando viram a criança se debatendo dentro da piscina, rapidamente um dos primos retirou a criança e fez exercícios de reanimação.

 

Arte - Piscina - 12092017clique na imagem para ampliar

Depois, os pais colocaram Sofia no carro e a levaram até a UPA Jaguaré, o pronto-socorro mais próximo do bairro Recreio da Felicidade. Assim que chegou, a equipe médica novamente usou técnicas de reanimação para restabelecer os sinais vitais da criança. Após várias tentativas, os médicos constataram a morte da menina.

“Ainda não temos condições de falar sobre a morte. Estávamos todos cuidando da criança”, disse a tia à reportagem, chorando. O corpo de Sofia foi enviado para análise no Instituto Médico Legal de Rio Preto e o enterro estava previsto para acontecer no final da tarde de segunda-feira, dia 11, no Jardim da Paz, em Rio Preto.

Primeiros socorros

O capitão Santana afirma que em caso de afogamento, o importante é ligar sempre para os bombeiros, que poderão dar as instruções de primeiros socorros, enquanto uma equipe é enviada de carro. “Já conseguimos ajudar que pessoas fizessem os primeiros socorros de uma forma que fossem restabelecidos os sinais de criança afogada, em uma escola de natação, em 14 de abril do ano passado”, recorda o comandante.

Uma das recomendações é não interromper os movimentos de reanimação no corpo do afogado até a chegada do socorro, seja a vinda dos bombeiros ou a chegada de carro até o pronto-socorro mais próximo.

Marco Antonio dos Santos – diarioweb.com.br