Publicado: ter, dez 13th, 2016

Campanha “Dezembro Laranja” resulta em cerca de 200 atendimentos à comunidade

Ação, realizada pelo curso de Medicina da UNIFEV, no último sábado (dia 10), na Concha Acústica, identificou 13 casos suspeitos de Câncer de Pele

A campanha “Dezembro Laranja”, promovida pela Liga Acadêmica do curso de Medicina da UNIFEV, no último sábado (dia 10), resultou em cerca de 200 atendimentos gratuitos à comunidade. As ações, realizadas em prol da conscientização e prevenção do câncer de pele, aconteceram na Concha Acústica de Votuporanga, durante toda a manhã.

Na oportunidade, as pessoas que passaram pelo local puderam obter mais informações sobre a doença, bem como receber orientações acerca dos perigos da exposição excessiva ao sol.

De acordo com a docente responsável pelas atividades e coordenadora da Liga Acadêmica, a médica dermatologista Adriana Vargas Bufulin, foram diagnosticados 13 casos suspeitos de Câncer de Pele e 18 ocorrências de lesões pré-cancerígenas. “Esses pacientes foram encaminhados para a realização de biópsia e tratamento clínico”, explicou.

Segundo a Presidente da Liga Acadêmica, Stephanie Rodriguez, aluna do 5º período de Medicina, o resultado da ação foi muito positivo.

“A iniciativa busca chamar a atenção para alguns fatores de risco e para a importância do diagnóstico precoce. Ficamos muito satisfeitas com a participação efetiva da população”.

A campanha, realizada pelo terceiro ano consecutivo, é uma iniciativa da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

Conforme dados divulgados pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA), o Câncer de Pele está entre os quatro tipos que mais acometem o ser humano, sendo comum em pessoas com idade acima dos 40 anos.