Publicado: sáb, nov 12th, 2016

Válvera se apresenta dia 27, no Kimania Rock Beer

Show acontece às 19h30; entrada custa R$ 5. No dia, a banda Válvera estará arrecadando alimentos não perecíveis para uma campanha beneficente do Trucida Moto Grupo.

A banda Válvera se apresentará no domingo (dia 27) a partir das 19h30, no Kimania Rock Beer, localizado na rua João da Cruz Oliveira, n° 3079, em Votuporanga. A entrada custa apenas R$ 5. No dia do evento, o Válvera estará arrecadando alimentos não perecíveis para uma campanha beneficente do Trucida Moto Grupo.

Conheça um pouco mais sobre o Válvera

A ciência explica de forma muito didática como funcionam as válvulas elétricas. Tem a ver com polarização de tensões, aquecimento de cátodo, emissor de elétrons, ânodo, etc. O que a ciência não explica é a sensação de uma guitarra elétrica distorcida ligada a um amplificador valvulado na potência 10 e sua relação com pelos arrepiados, sensação de liberdade e tesão em ouvir e tocar Rock. E quem se importa? Contanto que a ciência cuide para que os amplis valvulados continuem na ativa, a segunda parte continuará a encontrar gente que a sustente, como provam Glauber Barreto e Rodrigo Torres com o Válvera.

Após cinco anos de muito suor, cervejas e ensaios, Glauber Barreto (vocal e guitarras), Rodrigo Torres (guitarras e backing vocals), Jesiel Lagoin (baixo) deixaram a cidade de Votuporanga, interior de São Paulo. O Válvera então escolheu o renomado estúdio Mr. Som para gravar o álbum de estreia, tendo Marcello Pompeu e Heros Trench no comando da produção e o rio-pretense Vini Rossignolo na bateria. “As jams intermináveis que fizemos foram úteis para que criássemos nossa própria interpretação do Heavy Metal, utilizando as diversas influências das bandas que ouvíamos e o nosso passado musical”, explica Rodrigo Torres. “E o vocal é ‘rala goela’, como diz Pompeu”, completa.

O objetivo inicial foi cumprido com o lançamento de “Cidade em Caos”, por meio da parceria entre a Muqueta Records e a Voice Music. “A faixa-título fala do incômodo gerado pela alienação das pessoas e o momento conturbado que vivemos, além da necessidade de nos expressarmos para enfrentar essa fase”, explica Torres. “Bem, também estamos querendo dizer que tacamos o ‘foda-se’. Se ninguém quiser ouvir, ninguém quiser ver, ainda estaremos lá, sempre lutando pelo que a gente acredita!”, completa o baixista Jesiel Lagoin.

A primeira faixa divulgada, “Extinção”, conta com um lyric vídeo no canal da banda no YouTube. “As nossas letras são em português, sem a pretensão de catequizar. Seguimos nosso próprio caminho e falamos de forma direta”, diz Barreto.

Após uma série de apresentações no noroeste paulista e também na grande São Paulo, como no festival “Metal Pesado Brasileiro” (Sesc Osasco) ao lado de Korzus, Almah, Kiko Loureiro e Claustrofobia, o Válvera fez o show de lançamento de “Cidade em Caos” no dia 1º de agosto. O evento contou com a participação especial de Marcello Pompeu (Korzus) no show do Válvera e a presença das bandas Metalmorphose e Muqueta na Oreia.

Em setembro de 2015 o grupo lançou o web clipe da faixa “Pra Baixo dos Pneus”, vídeo promocional para a divulgação do movimento Rock Phoenix Era, um coletivo de bandas de rock n’ roll do Underground.

Apesar de terem feito cerca de 20 shows no ano de 2015, a banda resolveu investir pesado para a divulgação da turnê “Cidade em Caos” em 2016. “Fechamos 30 shows com a Cronos Entertainment, para tocarmos pelo Brasil e América Latina, não existe forma melhor de se conhecer uma banda de Rock n’ Roll do que assistir seu show ao vivo e queremos mostrar ao que viemos e lugar de banda é na estrada”, afirma Torres.

Devido a problemas de agenda o baterista Vini Rossignolo foi substituído pelo baterista Rafa Hernandez que já tocou diversas vezes com a banda. “Essa foi uma mudança que ocorreu naturalmente, tendo em vista que o Rafa tocou conosco 11 vezes no ano passado cobrindo o Vini em ocasiões que ele teve de se ausentar e por ele ter acabado de casar é fato que ele não poderia se ausentar por meses na turnê que faremos”, completa Jesiel.

Em 2016, o Válvera divulgou seu primeiro material ao vivo, um Live Session da música “O Céu Pode Esperar”, gravado no Black Box Studio em São Paulo.  E lançou em abril o seu tão aguardado clipe da música tema do CD “Cidade em Caos”, em parceria com a Loud Factory e Studio Nacena. Tendo ainda participado do programa Showlivre em abril “foi uma experiência muito positiva podermos tocar em um programa tão conceituado, onde passaram a maioria das grandes bandas do Brasil, além de trocarmos uma ideia e sermos entrevistados pelo Clemente Tadeu, sem dúvida foram abertas diversas portas após a nossa apresentação”, diz Barreto.

Ainda em 2016 o Válvera participará do Maniacs Metal Meeting em dezembro, festival que será realizado em Rio Negrinho-SC e vai contar com diversas bandas de renome como Krisiun, Ratos de Porão, Hibria, Violator, Claustrofobia entre outras, ” vão ser três dias de festival, muito metal e camping, vai ser nosso maior show e um dos últimos dessa turnê Cidade em Caos, vamos marcar presença e prestigiar o metal underground”, afirma Jesiel.

“Os nossos fãs e amigos podem esperar muito mais para esse ano, além de diversas ações promocionais, clipes e shows, pretendemos lançar nosso segundo álbum de estúdio com o Válvera em 2017 o qual já estamos finalizando no Mr. Som Studio”, encerra Barreto.

 

Links:
www.valvera.com.br
www.facebook.com/bandavalvera
www.youtube.com/valveraoficial
www.twitter.com/valvera_oficial
www.cdbaby.com/cd/valvera

Spotify: https://goo.gl/u3IyO4      

Itunes: https://goo.gl/VGVPRU      

Amazon: http://goo.gl/iufjGQ

Google play: https://goo.gl/tuLW74      

Deezer: http://goo.gl/XYctnq

VÁLVERA – Cidade em Caos (2015, CD)
Lançamento – Muqueta Records e a Voice Music
Produção – Marcello Pompeu e Heros Trench
Gravado, mixado e masterizado no estúdio Mr. Som (SP)

Faixas:
01 – Pra Baixo dos Pneus
02 – Cidade Em Caos
03 – O Miserável
04 – Escravo do Acaso
05 – Sangue e Ouro
06 – O Céu Pode Esperar
07 – Redenção
08 – Hora do Show
09 – Extinção

Formação:
Glauber Barreto (vocal e guitarras); Rodrigo Torres (guitarras e backing vocals); Jesiel Lagoin (baixo) e Rafa Hernandez (bateria).