Publicado: qui, out 27th, 2016

Ignácio de Loyola vem ao FLIV nesta sexta-feira

Escritor do jornal ‘O Estado de S. Paulo’ apresenta show gratuito ao lado da filha Rita Gullo

Uma das principais atrações da 6ª edição do FLIV – Festival Literário de Votuporanga está marcada para esta sexta-feira (28/10), no auditório externo do Centro de Informações Culturais e Turísticas “Marão Abdo Alfagali". O escritor e colunista do jornal “O Estado de S. Paulo”, Ignácio de Loyola Brandão apresenta o show “Solidão no Fundo da Agulha” ao lado de sua filha, a atriz e cantora Rita Gullo.

O show é uma viagem pelas memórias do escritor, que vem ao palco para contar histórias marcadas por músicas interpretadas por Rita. A apresentação é a versão ao vivo do livro, de mesmo nome, e que traz imagens do fotógrafo Paulo Melo Jr. e um CD, com canções interpretadas pela filha do autor.

O livro é composto por 32 crônicas com lembranças ligadas a músicas e lugares que marcaram de modo especial e inesquecível a vida de Loyola, como o relógio da extinta loja Mappin, no centro de São Paulo, e canções como “Amado Mio” e “Quizás”, que estão no CD que acompanha a obra.

“Solidão no Fundo da Agulha” foi editado pelo projeto “Livro Para Todos”, numa iniciativa da Fundação Carlos Chagas.

Sexta-feira no FLIV

Além do show com Ignácio de Loyola e Rita Gullo, o FLIV também recebe, nesta sexta-feira (28/10), um bate-papo com o jornalista, músico, ilustrador e escritor Cadão Volpato, às 19h30, no auditório externo do Centro de Informações Culturais e Turísticas. Literatura, memória, música, romance, conto, arte, cultura, e elementos biográficos se misturam no caldeirão inventivo de Cadão, resultando em dois novos livros, “Os discos do crepúsculo” e “À sombra dos viadutos em flor”, que serão apresentados com exclusividade no FLIV. Cadão Volpato foi apresentador do programa Metrópolis, da TV Cultura, e um dos criadores de uma banda importante dos anos 1980, o grupo Fellini. É autor do romance “Pessoas que passam pelos sonhos”, entre outros títulos.

Elektro nas escolas

Nesta sexta, o FLIV também conta com a presença do projeto educacional “Elektro nas Escolas”, que leva à comunidade escolar uma série de informações sobre os processos de geração, transmissão, distribuição e o bom uso da energia elétrica, proporcionando aos alunos experiências lúdicas e interativas. Além das atividades desenvolvidas no interior de uma Unidade Móvel de Ensino, haverá também a apresentação do teatro de fantoches “A Jovem Escritora”, que busca reforçar os conceitos transmitidos pelo projeto de forma simples e divertida. As sessões do “Elektro nas Escolas” tem duração de aproximadamente 30 minutos e acontecem no período da manhã, das 7h30 às 11h30, e durante a tarde, das 13h às 17h.

Escritas Criativas

Às 10 e às 14h, o autor Reynaldo Bessa comanda oficinas de escrita criativa, na Sala de Oficinas da Biblioteca Municipal, no 2º piso do Centro de Informações Culturais e Turísticas. A oficina proporciona uma maior desenvoltura no exercício da escrita do aluno/escritor. Com leituras de textos clássicos e contemporâneos, como também, a reflexão, interpretação e o exercício da reescrita, apreende a capacidade de síntese, assim, evitando os costumeiros excessos. Na aula, os alunos despertam a criatividade, praticando a invenção e a desconstrução de alguns textos estabelecidos.

Balé Aéreo

Às 16h, o Studio Mariana Maricato promove uma aula aberta de balé aéreo, no Parque da Cultura. A atividade é gratuita e livre para todos os públicos.

Luciana Crepaldi

Já às 18h, a escritora Luciana Crepaldi lança o livro “A Queda da Manga”, no Espaço do Escritor do Galpão Livrarias. O livro é um romance em prosa, que homenageia a linguagem poética. A personagem central representa as inquietudes humanas e o desafio de se compreender as coisas da alma na vida. A obra relata uma queda em plena maturidade e também retrata o constante choque entre o mundo físico e o mundo interior, com suas fortalezas e fragilidades. Nascida em Presidente Prudente, Luciana Crepaldi dedica-se, desde o início da carreira, ao telejornalismo, tendo passado por emissoras como Band, SBT, Record e afiliadas da Rede Globo. Atualmente é editora de texto na TV TEM.

Projeto Sinfônico e Zequinha de Abreu

Também às 18h, o Projeto Sinfônico de Votuporanga se apresenta no auditório externo do Centro de Informações Culturais e Turísticas. A orquestra nasceu em 2014, sob a orientação e regência do Maestro Mazinho Sartori, a partir do núcleo de instrumentos de cordas do Projeto “Música na Escola”, da Escola Municipal de Artes, com a finalidade de proporcionar aos alunos a complementação dos estudos didático-teóricos, mediante a prática de conjunto, num ambiente que remete ao de uma orquestra sinfônica.

Às 20h, é a vez da Corporação Musical Zequinha de Abreu se apresentar, no deck do “Food Park” do FLIV, localizado na Avenida Ângelo Bimbato, nos arredores do Parque da Cultura.